Justiça do Rio recusa pedido para impedir realização de jogos da Copa América no estado

·1 minuto de leitura
Vista geral do Maracanã durante a final da Libertadores de 2020, entre Palmeiras e Santos, em 30 de janeiro de 2021 (Mauro Pimentel – Pool/Getty Images)
Vista geral do Maracanã durante a final da Libertadores de 2020, entre Palmeiras e Santos, em 30 de janeiro de 2021 (Mauro Pimentel – Pool/Getty Images)

A Justiça do Rio recusou em caráter liminar (provisório) o pedido para impedir que as partidas da Copa América fossem realizadas no estado. O desembargador Adriano Celso Guimarães afirmou em sentença nesta quinta-feira que esta decisão não cabe ao governador ou ao prefeito esta decisão.

Leia também:

A ação foi protocolada pelo deputado estadual Flávio Serafini (PSOL-RJ), que argumentou que a pandemia está descontrolada. Aos olhos do parlamentar, a realização dos jogos do torneio aumentaria o risco da contaminação da população por Covid-19.

No Rio de Janeiro, os jogos da Copa América serão realizados no Nilton Santos e a final acontecerá no Maracanã. Segundo o G1, o estado tem 52.094 mortos de Covid-19, com 895.459 casos. A ocupação de leitos de UTI é de 80%. A de enfermaria, de 54

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos