Justiça ordena execução de dívidas trabalhistas do Vasco; valor chega a quase R$ 100 milhões

·1 minuto de leitura


Um novo velho problema para o Vasco. A Justiça determinou a execução de R$ 93,5 milhões em dívidas trabalhistas do clube cruz-maltino. O valor, antes equacionado no Ato Trabalhista, passa a ser devido de uma vez. A informação foi publicada originalmente pelo site Esporte News Mundo e confirmada pela reportagem do LANCE!.

O Vasco foi retirado do Ato Trabalhista em maio, e uma decisão do tipo era até previsível. No caso, o processo original é de 2014, no qual um ex-funcionário do clube cobrava R$ 60 mil. Confira as fontes das receitas para a execução.

- R$ 24 milhões de direitos de transmissão do Grupo Globo.

- 30% do que o clube ainda tem de receber pelos mesmos direitos de transmissão.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

- Até R$ 900 mil por mês em bloqueios de contas.

- 30% de premiações e classificações em torneios da CBF.

- 30% da receita do programa sócio-torcedor.

- 30% da receita da VascoTV.

- 30% dos valores a receber da TV Record por direitos de transmissão.

- 30% dos valores das receitas dos patrocinadores BMG, TIM, Havan e Ambev.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos