Justiça marca audiência entre Atlético-MG e Fred sobre multa milionária

Galo cobra R$ 23 milhões de atacante, que deixou o clube no fim de 2017 - (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)


O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 3ª Região de Minas Gerais marcou uma nova audiência de conciliação entre o Atlético-MG e o ex-atacante Fred para o dia 25 de novembro. No imbróglio, que perdura há quatro anos, o Galo cobra multa de R$ 23 milhões do ex-atleta.

A movimentação mais recente do "Caso Fred" com o time mineiro foi a execução judicial do Atlético na Justiça carioca. Sendo assim, o ex-jogador teria que pagar valores corrigidos (do montante inicial de R$ 10 milhões), que incidem juros de 1% ao mês desde 2018, após Fred ter deixado o Galo para assinar com o rival Cruzeiro.

A Justiça do Rio definiu a sua incompetência jurídica no processo, de forma que a discussão passa a ser tratada no TRT de Minas Gerais. Com seguidas derrotas de Fred em processos, especula-se que a multa chegue à casa dos R$ 40 milhões.

Quando assinou com o Cruzeiro, o ex-atacante tinha a promessa dos então dirigentes da raposa, Wagner Pires de Sá e Itair Machado, que o clube pagaria a multa contratual de R$ 10 milhões.

Atualmente, tanto o Galo quanto Fred vivem momentos diferentes. Nome histórico no futebol, o agora ex-jogador anunciou sua aposentadoria dos gramados em julho deste ano. Enquanto isso, a equipe alvinegra vive outro momento administrativo, e se prepara para virar Sociedade Anônima do Futebol (SAF).