'Justiça foi feita', comemoram Reinaldo e ÉderAleixo durante festa do bicampeonato do Atlético-MG

·1 min de leitura


Reinaldo e Éder Aleixo são dois dos maiores jogadores do Atlético-MG em todos os tempos, pois jogaram em equipes que marcaram época no clube. Gênios com a bola, geniosos fora de campo, mas sempre com personalidade para encarnar o espírito atleticano.

Quis o destino que bem o Rei, nem o “Bomba de Vespasiano” fosse campeões brasileiros pelo Galo. Bateram na trave em 1977, com um vice-campeonato invicto diante do São Paulo e na ferida mais doída para os atleticanos, que foi a final de 1980 contra o Flamengo, em que houve interferência direta da arbitragem da época.

Em 1981, outro evento com interferência externa do árbitro, envolvendo o Fla, esse pela Libertadores, tirou a chance da dupla ter uma conquista para além de Minas Gerais no currículo.

Depois de 40 anos da decepção na Libertadores, no Serra Dourada, Reinaldo e Éder comemoraram como se estivesse em campo e declararam que a “justiça” com o Galo foi finalmente feita depois de tantos anos, graças a conquista do bicampeonato brasileiro. Veja no vídeo o momento de êxtase da dupla.

Reinaldo Lima e Éder Aleixo foram ao delírio na comemoração do titulo brasileiro
Reinaldo Lima e Éder Aleixo foram ao delírio na comemoração do titulo brasileiro

Reinaldo Lima e Éder Aleixo foram ao delírio na comemoração do titulo brasileiro-(Reproduão/TV Galo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos