Justiça dá ganho de causa a Jenison que consegue rescisão contratual com o Paraná

Futebol Latino
LANCE!
Foto: Geraldo Bubniak/Paraná Clube
Foto: Geraldo Bubniak/Paraná Clube


Sem condições de quitar os débitos com figuras importantes do elenco em 2019, o Paraná vê seus atletas indo a justiça para encerrarem o vínculo e quem conseguiu por esse meio o término do contrato em decisão de tutela de urgência divulgada nessa quarta-feira (15) em Curitiba.

De responsabilidade do juiz do trabalho substituto Leonardo Kayukawa, a decisão fala sobre a argumentação apresentada pela defesa do atleta (capitaneada pelo advogado Márcio Suttile, do escritório Sutille & Vaciski) frisando os atrasos referentes ao salário (três meses), direitos de imagem (quatro meses) e de recolhimento de valores referentes ao FGTS em nove meses.

Colaborou também para a decisão do magistrado a não apresentação de qualquer tipo de contra-argumentação por parte do departamento jurídico do Paraná, ressaltado no seguinte trecho da decisão:

- Ante a negligência da reclamada em se manifestar nos autos, a despeito da intimação recebida por oficial de justiça, presumo verdadeiros os fatos alegados pelo autor na petição inicial e em sua emenda à petição inicial, concluindo, desse modo, em sede de cognição sumária e provisória, que a ré incorreu em descumprimento de suas obrigações contratuais, consistentes no seguinte: três meses de salários atrasados; quatro meses de direito de imagem inadimplidos; e oito meses de depósitos do FGTS em mora.

Com isso, a previsão é de que a CBF seja notificada da decisão na próxima quinta-feira (16) para que a informação seja devidamente acrescentada ao Boletim Informativo Diário (BID).

Assim que esse trâmite estiver concluído e publicado, oficialmente o atacante que foi artilheiro do Paraná em 2019 com 17 gols em 47 partidas disputadas estará livre para assinar com qualquer outra equipe.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também