Justiça condena Sport a pagar quantia milionária a Matheus Ferraz e outros dois jogadores

Futebol Latino
·1 minuto de leitura


Não é só contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A que o Sport está lutando nesse começo de 2021. O Leão da Ilha vem batalhando para sanar suas dívidas, mas sofreu uma recente derrota nos Tribunais que pode atrapalhar ainda mais o seu planejamento financeiro.

A Justiça condenou o clube quitar débitos com os zagueiros Matheus Ferraz, atualmente no Fluminense, e Renato Oliveira, que defende o Rio Branco-PR, e o volante Jean Patrick, que está no Cuiabá.

Ferraz defendeu o Rubro-Negro entre os anos de 2015 e 2017, o clube foi condenado a pagar R$ 480 mil reais referentes a reajustes nos valores de direito de imagem. Além disso, a Justiça condenou ainda ao pagamento de diferenças de décimo terceiro salário, férias e FGTS.

O Sport terá que pagar a Renato, que atuou poucos minutos no ano de 2019 durante o Campeonato Pernambucano, R$ 250 mil, referentes a salários atrasados e direitos trabalhistas.

Já Jean receberá R$ 620 mil reais à título de salários atrasados. Vale lembrar, que o jogador deixou o Leão em agosto após conquistar na Justiça a rescisão indireta do contrato. No processo, o Rubro-Negro ainda alegou uma rescisão por justa causa devido a não reapresentação do jogador com o restante do elenco. Mas o pedido não foi acatado pela Justiça.

Vale ressaltar que o clube ainda pode recorrer das decisões.