Justiça concede liminar para David rescindir contrato com o Cruzeiro

Valinor Conteúdo
LANCE!
David conseguiu sua liberação da Raposa na Justiça do Trabalho e ainda cobra R4 1 milhão por atrasos salariais e de direitos de imagem e trabalhistas-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)
David conseguiu sua liberação da Raposa na Justiça do Trabalho e ainda cobra R4 1 milhão por atrasos salariais e de direitos de imagem e trabalhistas-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)


O Cruzeiro perdeu mais um jogador por vias judiciais. Desta vez foi o atacante David, que conseguiu uma liminar na Justiça do Trabalho para rescindir o contrato com o Cruzeiro de forma indireta, como ele pleiteava. David já havia feito a tentativa de rescisão, mas a Justiça negou o pedido.

Com a liminar, caso o Cruzeiro não consiga reverter a situação, o atleta está livre para para negociar com outro clube. A informação da liminar foi passada pelo diretor de futebol da Raposa, Ocimar Bolicenho, em entrevista à Rádio 98FM.

Mais detalhes do processo não estão disponíveis, pois o caso corre em segredo de justiça. No dia 11 de fevereiro haverá uma audiência de conciliação entre as partes.




David ingressou na Justiça contra o Cruzeiro cobrando do clube cerca de R$ 1 milhão, valor referente ao atraso no pagamento de salários, FGTS e férias.

Antes da ação judicial surgir, o time celeste havia recebido uma proposta do Fortaleza pelo jogador, com o aval de Rogério Ceni, que trabalhou com o jogador na Raposa em 2019.

Outro destino de David pode ser o Bahia, que já manifestou interesse em contar com o seu futebol.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também