Junior Tavares prevê crescimento com chegada do experiente Edimar

A lateral esquerda era o setor mais carente do elenco do São Paulo até a chegada do experiente Edimar, de 30 anos, nesta semana. Antes titular incontestável na posição, o jovem Junior Tavares vê a concorrência como um estimulante para evoluir ainda mais como jogador.

“O Edimar chegou para concorrer. Será uma briga sadia e vai ser melhor para que eu treine mais forte e para o meu rendimento”, projetou Tavares, que deixou a cargo do técnico a escolha pela titularidade no setor.

“O que o Rogério (Ceni) optar vai ser melhor para o grupo. Estamos batalhando pelos espaços e quem for escolhido vai fazer o melhor para o São Paulo”, acrescentou o camisa 16, em entrevista coletiva, na última sexta-feira.

Promovido ao time profissional neste ano, Junior Tavares é o segundo atleta do elenco que mais atuou na temporada, em 14 dos 16 jogos oficiais da equipe, ficando atrás só do volante Thiago Mendes, que disputou 15 partidas. Com a vinda de Edimar, Ceni poderá finalmente promover um rodízio na posição, algo que já fazia nos outros setores.

“Acho que somos a única equipe que colocou todos os jogadores para atuar. Agora entrarão os que estiverem melhor. Vamos vencendo nossas batalhas do dia a dia até sermos campeões”, analisou.

Integrante da contestada defesa tricolor, Junior Tavares foi titular na vitória por 1 a 0 contra o São Bernardo, na última quarta-feira, quando o Tricolor não foi vazado depois de 13 jogos seguidos sofrendo gols.

“A gente vinha treinando para isso. Como a gente joga um futebol ofensivo, acaba expondo um pouco lá atrás, mas o Rogério vem trabalhando nisso. No último jogo, não sofremos gol e espero que seja assim daqui para frente”, concluiu.

Embora Edimar já tenha sido inscrito no Campeonato Paulista, Junior Tavares será o titular do São Paulo no jogo de ida das quartas de final, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Linense, no Morumbi.