Juíza rejeita relatório e dá 48h para Bolsonaro revelar testes de Covid-19

Yahoo Notícias
Bolsonaro durante coletiva em julho de 2019 (REUTERS/Adriano Machado)
Bolsonaro durante coletiva em julho de 2019 (REUTERS/Adriano Machado)

A juíza federal Ana Lúcia Petri Betto rejeitou o relatório médico enviado pela Advocacia-Geral da União (AGU) nesta quinta (30) e deu o prazo de 48 horas para que o presidente Jair Bolsonaro forneça à Justiça “os laudos de todos os exames” realizados para determinar se ele contraiu o novo coronavírus.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em sua decisão, Betto afirma que o relatório enviado pela AGU não atende integralmente a determinação judicial de segunda (27), quando concedeu o direito de acesso aos exames por parte do jornal O Estado de São Paulo.

Leia também:

Na manhã desta quinta, o último dia do prazo original, a AGU apresentou apenas um relatório médico do dia 18 de março dizendo que Bolsonaro não teve Covid-19 e pediu a extinção do processo. O presidente faz dois exames, nos dias 12 e 17 de março, mas os documentos não foram mostrados.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também