Juiz do clássico carioca é afastado pela Ferj

Clássico no Mané Garrincha teve arbitragem péssimo e foi decidido com um pênalti inexistente

A federação carioca de futebol (Ferj) anunciou logo após o fim de Flamengo 2 x 2 Vasco o afastamento do árbitro Luiz Antônio Silva dos Santos. Conhecido como Índio, ele foi o protagonista do clássico carioca deste domingo, 26, que terminou com muita polêmica.

O veterano juiz já não estava tendo uma boa atuação quando “valorizou” um contato com o atacante Luis Fabiano. Após reclamar de um cartão, o vascaíno se aproximou do árbitro e Índio quase caiu para trás dando a impressão que o contato foi mais forte que a realidade. O lance resultou na expulsão de fabuloso.

E para completar a lambança, o juiz ainda deu um pênalti totalmente inexistente para o Vasco no último minuto de jogo, alegando que a bola bateu na mão de Renê. Nenê não desperdiçou e igualou o marcador nos acréscimos. A suspensão de Luiz Antônio Silva dos Santos e também do assistente Daniel do Espírito Santo do quadro de árbitros vale até nova ordem.