Juiz bloqueia R$ 235 em conta do Corinthians

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Após deixar o Corinthians, brasileiro passou pelo Elche da Espanha. Foto: Gerard Julien/AFP via Getty Images
Após deixar o Corinthians, brasileiro passou pelo Elche da Espanha. Foto: Gerard Julien/AFP via Getty Images

A 4ª Vara Cível do Foro Regional VIII, no Tatuapé, em São Paulo, mandou um ofício ao Paypal do Brasil para que R$ 235,60 encontrados em uma conta do Corinthians no aplicativo sejam transferidos a uma conta judicial.

O valor ajudará a quitar a dívida do clube paulista com o atacante Jonathas, que tem cerca de R$ 3 milhões por receber, referentes a direitos de imagem da temporada 2018, quando o jogador defendeu o clube.

Leia também:

Ainda neste processo, a Justiça já havia bloqueado R$ 700 mil de cotas de televisão da Globo ao clube do Parque São Jorge.

Anteriormente, o Judiciário quebrou o sigilo das contas bancárias do clube e encontrou R$ 9.394,73. Das 14 contas em nome do Corinthians, 12 estavam zeradas. Em uma delas, no banco Itaú, havia R$ 9.159,13, que já foram bloqueados.

Agora, no Paypal, foram encontrados mais R$ 235,60, também retidos.

O juiz do caso, Rubens Pedreiro Lopes, ressaltou que o Corinthians não se manifestou a respeito do deferimento de uma penhora em nome do clube, e por isso determinou o levantamento dos depósitos feitos em favor do jogador.

Revelado pelo Cruzeiro, Jonathas teve uma passagem curta pelo elenco do Corinthians: vestiu a camisa do Timão em nove jogos e fez apenas um gol. 

O jogador teve passagem pelo futebol holandês, onde foi campeão nacional da temporada 2008/2009 com o AZ Alkmaar e também defendeu clubes da Itália, Alemanha e Espanha. Aos 32 anos, ele foi anunciado recentemente como reforço do Odisha, da Índia, após deixar o Hatta Club, dos Emirados Árabes Unidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos