Judoca Lúcia Araújo conquista o bronze nas Paralimpíadas de Tóquio

·1 minuto de leitura


O Brasil segue colecionando medalhas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Depois de um primeiro dia ruim no judô, o sábado ficou marcado pelo bronze conquistado por Lúcia Araújo. A judoca, da categoria até 57kg, bateu a atleta do Comitê Paralímpico Russo Natalia Ovchinnikova com doiz wazaris para subir ao pódio.

+ Silvânia Costa brilha e conquista o bicampeonato paralímpico no salto em distância T11

Nas quartas de final, Lúcia havia derrotado também a argentina Laura Gonzales, mas acabou caindo diante de Parvina Samandarova, do Uzbequistão. O equilíbrio e estudo da luta era tanto, que os dois atletas receberam punições por falta de combatividade após quase dois minutos de luta.

+ Yeltsin Jacques conquista primeiro ouro no atletismo para o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Após a punição, a brasileira conseguiu encaixar um golpe em Natalia Ovchinnikova, que não conseguiu reagir, e logo em seguida, tomou outro wazaria da brasileira. Lúcia já havia conquistado a prata na Londres 2012 e bronze na Rio 2016. No masculino, Harley Damião perdeu no primeiro duelo eliminatório contra o britânico Daniel Powell.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos