Judô: Seleção Brasileira faz ajustes para último Grand Slam de 2019

Judô brasileiro se prepara para último Grand Slam de 2019 (Foto: Divulgação/CBJ)
Judô brasileiro se prepara para último Grand Slam de 2019 (Foto: Divulgação/CBJ)


A última competição sempre gera uma ansiedade, porque os atletas querem fechar o ano com a famosa "chave de ouro". A Seleção Brasileira de judô faz os ajustes finais para o último Grand Slam de 2019, que acontecem entre os dias 22 e 24 de novembro. Os judocas se concentraram na cidade de Hamamatsu, onde será a base do time para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Após o treinamento de campo em Hamamatsu, os brasileiros seguirão para Osaka nesta quarta-feira, véspera do sorteio e do primeiro dia de pesagem do Grand Slam. As lutas começam na madrugada de quinta para sexta-feira, com Eric Takabatake (60kg), Renan Torres (60kg), Charles Chibana (66kg), Gabriela Chibana (48kg), Larissa Pimenta (52kg) e Sarah Menezes (52kg).

O segundo dia terá Maria Portela (70kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), Victor Penalber (81kg) e o medalhista olímpico Leandro Guilheiro (81kg) no tatame da Maruzen Intec Arena. Para fechar, o Brasil vai ao tatame na madrugada de sábado para domingo com Mayra Aguiar (78kg), Beatriz Souza (+78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg) e Rafael Silva Baby (+100kg).

Apesar da força máxima, a campeã olímpica Rafaela Silva, suspensa voluntariamente por doping e à espera de julgamento, será desfalque para a disputa de 2019.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também