Juca Kfouri analisa contratações do Corinthians com crise financeira: 'É absurdo'


O jornalista Juca Kfouri voltou a criticar a atual gestão do Corinthians, que é presidido por Andrés Sanchez. Depois de confirmar a contratação do atacante Jô, o clube estaria de olho no mercado em alguns nomes de custo elevado, como Roger Guedes, mesmo com o pior déficit da história e com dois meses de salários atrasados.

Segundo Juca, a ideia do clube contratar alguém no atual cenário econômico é "absurda", mesmo se fosse um porteiro para o Parque São Jorge.

- O Corinthians, nessa situação, pensar em contratar quem quer que seja, quem quer que seja, um novo servente para cuidar ali da portaria do Parque São Jorge, é um absurdo. Jogador, então, nem se fala - afirmou.

O balanço financeiro do ano de 2019 revelou uma grave crise econômica no Corinthians. Ao todo, o clube registrou um déficit superior a R$ 700 milhões, o maior já registrado na história do clube. Em meio a salários atrasados, o Timão chegou a ter a energia elétrica do Parque São Jorge cortada por falta de pagamento, em maio.

Nesta quarta-feira, o clube confirmou a contratação do atacante Jô, que retorna ao clube após três anos por transferência livre. Aos 32 anos, o artilheiro do clube em 2017 estava sem clube, após rescindir seu contrato com o Nagoya Grampus, do Japão.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também