Jovem goleiro do Grêmio se emociona por estrear em título da Recopa Gaúcha

·1 minuto de leitura


Iniciar a trajetória como atleta profissional é um sonho almejado todos os dias por vários jovens que escolheram o futebol como seu meio de vida. Porém, imagine só ter a oportunidade de vestir uma camisa de peso como a do Grêmio e, logo na primeira partida pelo time principal, soltar o grito de campeão?

>Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Pois foi justamente isso que conseguiu fazer o jovem goleiro Adriel no último domingo (6), sendo titular da equipe que bateu o Santa Cruz-RS por 3 a 0 e faturou a Recopa Gaúcha, torneio que confronta o campeão do Gauchão contra o da Copa FGF da temporada anterior.

O sentimento de felicidade de Adriel acabou genuinamente transbordando em um choro no banco da Arena, já com a medalha de campeão no peito, que acabou flagrado pelo fotógrafo oficial do clube.

Mais calmo, Adriel comentou em palavras publicadas pelo 'ge' que uma verdadeira retrospectiva das dificuldades passou em sua cabeça para tamanho grau de emoção contido na estreia. E, para completar, o troféu ainda serviu de homenagem ao filho do atleta de 20 anos de idade que está prestes a nascer.

-O Grêmio é um clube que me identifico muito, estou aqui desde a base, subi, lutei. Estrear em uma final, primeiro título com a camisa, é marcante para a vida toda. Vestir uma camisa grande é sempre motivo de se emocionar. Passou um filme, desde quando saí de casa, as dificuldades que tive. É motivo de felicidade, não é de tristeza, de conquista mesmo. É aproveitar agora cada momento. Não só para mim, mas meus familiares, minha esposa, meu filho que está vindo agora. A vitória não é só minha, é de todos que me acompanharam também - relatou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos