Joss Whedon, diretor de Liga da Justiça, é acusado de comportamento abusivo no set

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
HOLLYWOOD, CA - SEPTEMBER 22:  Joss Whedon attends the premiere of 20th Century FOX's 'Bad Times at the El Royale' at TCL Chinese Theatre on September 22, 2018 in Hollywood, California.  (Photo by Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic)
Joss Whedon (Photo by Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic)

Joss Whedon, diretor que substituiu Zack Snyder na direção da Liga da Justiça, virou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta-feira (1). O cineasta foi acusado na rede social por Ray Fisher, o Ciborgue do universo da DC Comics, de ser grosseiro e abusivo no set de filmagem.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“O tratamento de Joss Whedon no set com o elenco e a equipe de Liga da Justiça era grosseiro, abusivo, pouco profissional e completamente inaceitável. E ele foi autorizado, de várias maneiras, por Geoff Johns (chefe criativo da DC Comics) e Jon Berg (vice-presidente executivo da DC)”, disse Fisher no Twitter.

Leia também

Procurado pela Variety, Whedon, que também dirigiu os dois primeiros filmes da saga Vingadores e assumiu Liga da Justiça após uma tragédia familiar na vida de Snyder, preferiu não se manifestar sobre o caso.

Vale lembrar que, após pedidos dos fãs, o HBO Max irá lançar a versão de Zack Snyder para a Liga da Justiça, com quatro horas de duração, no ano que vem. Ainda não há previsão da chegada da plataforma de streaming no Brasil.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.