José Neto define a Seleção feminina que irá ao Pré-Olímpico das Américas

Neto teve o trabalho elogiado por jogadoras e dirigentes (Foto: Alexandre Loureiro/COB)
Neto teve o trabalho elogiado por jogadoras e dirigentes (Foto: Alexandre Loureiro/COB)


O técnico José Neto definiu neste domingo as 12 jogadoras que defenderão o Brasil no Pré-Olímpico das Américas, em Bahía Blanca, na Argentina. A Seleção embarca na próxima segunda-feira e estreia na competição na quinta-feira, às 18h30, contra os Estados Unidos. A chave já tem as americanas classificadas para Tóquio-2020 e dará uma vaga no Pré-Olímpico Mundial, em fevereiro do ano que vem.

- Definimos o grupo para esta próxima competição depois de um período de treinamentos excelente. Desde o início do planejamento, sabíamos que esta etapa seria de poucos dias, por isso aproveitamos ao máximo. Estamos evoluindo como equipe. Cada jogadora se dedicou para chegar melhor do que na última fase e isso permitiu dar um passo a mais de qualidade como time - disse José Neto.

Viajam as armadoras Débora Costa e Lays da Silva; as alas/armadoras Isabela Ramona, Patrícia Teixeira e Tainá Paixão; as alas Raphaella Monteiro e Tati Pacheco; as alas/pivôs Clarissa dos Santos, Damiris Dantas, Mari Dias e Stephanie Soares; e a pivô Erika de Souza. Treinaram com o grupo e não viajam as jovens Jennifer Nonato, Juliana Souza, Maria Carolina e Vitória Marcelino, a armadora Alana Gonçalo.

- Teremos jogos complicados pela frente. A Colômbia foi nosso adversário mais duro na AmeriCup, e a Argentina, vencemos bem, mas é outro jogo, na casa delas, e não podemos achar que entramos ganhando. Começa tudo 0 a 0. Os Estados Unidos, campeões mundiais e olímpicos, não tem nem muito o que falar. É uma equipe de muita qualidade, vai com suas melhores jogadoras, e será um grande teste - explicou o técnico.

Diretor executivo da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Marcelo Sousa agradeceu a dedicação de todas as atletas presentes nos treinamentos no Rio de Janeiro e também a disponibilidade dos clubes, que liberaram as jogadoras para a viagem e treinos no Rio de Janeiro.

- A CBB agradece o apoio dos clubes e também a disposição e entrega de todas as atletas nestas semanas de treino no Rio de Janeiro. Essa união também fora de quadra é um dos motivos para o bom momento é o crescimento do basquete feminino brasileiro - citou Marcelo Sousa.









SELEÇÃO FEMININA

Armadoras
Débora Costa (SESI Araraquara)
Lays da Silva (Vera Cruz Campinas)

Alas/armadoras
Isabela Ramona (Uninassau)
Patrícia Teixeira (Vera Cruz Campinas)
Tainá Paixão (Sampaio Basquete)

Alas
Tati Pacheco (Ituano)
Raphaella Monteiro (Ituano)

Alas/pivôs
Clarissa Dantas (Lyon Asvel)
Damiris Dantas (Busan BNK Sum)
Mari Dias (Vera Cruz Campinas)
Stephanie Soares (The Masters University)

Pivô
Erika de Souza (San Sebastián)

Comissão técnica
Gerente - Adriana dos Santos
Coordenador - Bruno Valentin
Técnico - José Neto
Assistentes técnicos - Virgil López e João Almeida Camargo Neto
Preparador físico - Diego Falcão
Médicos - Paulo Roberto de Queiroz Szeles e Sanna Roque Pinheiro
Fisioterapeutas - Isabel Rosa e Jordana Reis da Silva

PRÉ-OLÍMPICO DAS AMÉRICAS

14 de novembro
18h30 - Brasil x EUA

16 de novembro
18h30 - Brasil x Colômbia

17 de novembro
21h30 - Brasil x Argentina









































Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também