José Mourinho dá depoimento emocionado sobre amigo Diego Maradona: 'Sentirei falta'

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Amigo pessoal de Diego Armando Maradona, o técnico José Mourinho deu uma declaração emocionada sobre o falecimento do gênio argentino, em entrevista coletiva concedida após a goleada do Tottenham por 4 a 0 sobre o Ludogorets-BUL pela Europa League 2020/21. Tocado pela despedida do revolucionário camisa 10, o comandante lusitano fez questão de exaltar todas as 'facetas' de Diego: o craque inigualável dentro das quatro linhas e o indivíduo alegre fora delas.

"Há o Maradona e o Diego. O Maradona é quem todo o mundo conhece e nunca esquecerá. Fiz questão que o meu filho soubesse muito sobre ele, mesmo tendo nascido depois de ele jogar. Sei que o meu filho fará questão de, um dia quando for pai, não deixar que os filhos deixem de saber quem foi Maradona. Foi o que fez o meu pai comigo em relação a Di Stéfano. Nunca o vi jogar, mas o meu pai fez questão que eu soubesse muito sobre ele", contou.

Match Of Friendship | Alexander Scheuber/Getty Images
Match Of Friendship | Alexander Scheuber/Getty Images

O herói Maradona, dos feitos grandiosos e encantadores dentro das quatro linhas, deixou um legado eterno e atemporal. Mas é de Diego, humano e amigo, que Mourinho mais sentirá falta: "E depois existe o Diego, a pessoa, e desse eu sinto falta. Lamento por não ter passado mais tempo com ele. Adoraria, porque a sua família, os seus grandes amigos, os seus colegas são muito privilegiados por terem passado tempo com ele e o terem conhecido bem. Nas minhas grandes derrotas, ele me ligava sempre. Nas minhas vitórias, nunca. Vou sentir falta dele. Estou muito triste, claro, mas tenho um sorriso no rosto porque todos os minutos que passei com ele foram a sorrir", concluiu.