Jornalistas revelam seus favoritos para conquistar Libertadores 2021

·5 minuto de leitura


Com três clubes brasileiros com chances de conquistar o título da Libertadores 2021, quatorze nomes do jornalismo esportivo nacional revelaram, em conversa ao Flipar, quem são seus favoritos no torneio. Na penúltima fase da competição, o Flamengo vai enfrentar o Barcelona (EQU) enquanto o Atlético Mineiro encara o Palmeiras. Os vencedores se encontram na final única no Uruguai.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

- Não acho que tenha favorito, os três brasileiros na Libertadores estão em igualdade . São grande elencos, ótimos treinadores e experiência. Favoritismo só do Flamengo na semifinal, pode definir sua classificação no primeiro jogo - opinou Téo José, narrador do SBT.

- Para mim o Flamengo. Porque, além de estar acostumado a decidir e tem um elenco muito frio na hora de jogo grande, pesado, é o time que mais tempo está junto jogando em alto nível. Apesar da temporada passada, com trocas de técnicos, a equipe teve vivido altos e baixos mas, ainda assim, terminou como Campeão Brasileiro, foi campeão da Supercopa em cima do Palmeiras. [...] A vantagem que o Atlético Mineiro tem em relação aos outros é que ele joga com uma pressão um pouco menor, em questão de favoritismo. Mas, se colocar os três no papel, cada um com suas respectivas condições e vantagens, eu vejo o Flamengo um passinho a frente - disse Felippe Facincani, comentarista dos canais Disney.

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

- O Flamengo tem mais elenco que o Atlético. Conta com três jogadores que quase sempre fazem a diferença: Arrascaeta, Gabriel e o Bruno Henrique. O Galo tem apenas o Hulk. O Nacho é um nível abaixo, embora seja também um grande jogador. Além disso, não sabemos como o Diego Costa vai ser acomodado no Galo. Será que vai funcionar a dupla com o Hulk? Não sabemos [...] Os dois finalistas eu consigo apontar, Flamengo e Atlético, mas o campeão, até o momento, é-me impossível - avaliou Fábio Sormani, comentarista do ESPN e da Fox Sports.

- Palmeiras e Atlético Mineiro bem poderia ser considerada uma final antecipada. Se não houvesse o Flamengo do outro lado, claro. Acho que o Rubro-Negro carioca vai ser tricampeão da Libertadores. Enfrentando o Galo mineiro na final. A velha rivalidade reanima-se como nunca - afirma Luiz Gomes, colunista do LANCE!.

- Não tem favoritos. Os três chegaram em boas condições, ótimas condições, são os melhores times brasileiros. Eu não sou muito de ficar em cima do muro não mas, nessa aí, é difícil descer do muro. Palmeiras tem virtudes, o Galo tem virtudes, Flamengo tem virtudes. Então, olha, fico com os três. Eu sei que não que não é a boa ser purista, mas nesse caso vou ser - diz José Trajano.

- A minha sequência é Flamengo, Atlético, Palmeiras e Barcelona. Eu acho que o Flamengo por conta já do entrosamento. O Atlético vem atrás por conta da equipe que foi montada e deu liga, então tem ainda uma excessão aí com a chegada do Diego Costa. O Palmeiras também é muito forte. Eu colocaria Flamengo, Atlético e Palmeiras no mesmo patamar e depois o Barcelona - classifica o comentarista e ex-atleta Zé Elias.

- Flamengo, pois tem a semifinal mais tranquila no papel, enquanto Atlético e Palmeiras fazem um confronto de 50% de chances para cada lado - opina o comentarista do grupo Disney, Leo Bertozzi.

- Flamengo, por uma questão matemática: ainda que consideremos os cariocas com possibilidades técnicas semelhantes às de Atlético e Palmeiras para ficar com a taça, os cariocas têm chances bem maiores de estarem na final do que mineiros e paulistas, cujas possibilidades são praticamente de 50% para cada um. A chance de o Fla passar pelo Barcelona, na minha opinião, é de algo como 85%, e portanto ele se torna automaticamente aquele com maiores possibilidades de conquista - avalia o comentarista Gian Oddi.

- Nas semifinais, o óbvio: só o Flamengo é favorito. Na final não haverá favorito, até mesmo se der a zebra Barcelona, o que será catastrófico. Porque num jogo só, e com moral nas alturas, os equatorianos imporão respeito a Atlético ou Palmeiras - diz Juca Kfouri.

- Vai ser um pau com formiga. Acho que vai dar Flamengo e Atlético. Flamengo campeão - opina o ex-técnico e radialista Apolinho.

- Na minha modesta opinião, acredito que, no momento, o Atlético Mineiro é quem está com as chances - vê o narrador Sílvio Luiz.

- Do lado do Flamengo, evidentemente, eu colocaria que o clube carioca está 95% classificado, com todo respeito ao Barcelona-EQU. Hoje, o Flamengo é o grande time do Brasil, o grande futebol da América. Em 180 minutos é muito favorito. Do outro lado, se fosse hoje, o Atlético-MG tem jogado melhor que o Palmeiras. Mas o Palmeiras é um time muito cascudo e como atual campeão entendo que não há muita pressão. Ele entraria com tranquilidade e sabedoria dos desafios que tem pela frente. Hoje, daria 51% para o Atlético e 49% para o Palmeiras. Em um mês tudo pode se equilibrar - analisou Mauro Beting.

- Não vejo ninguém entrando como favorito - disse Mauro Cezar Pereira.

- O Flamengo é “favoritaço” contra os equatorianos, e ligeiramente favorito na eventual final contra Atlético e Palmeiras, em duelo único em campo neutro. Mas o Fla deve ter muito cuidado porque a Libertadores é bem traiçoeira com os melhores. Ainda mais ao cruzar com “o menos favorito” Barcelona, franco-atirador, que no caso de conquistar o título terá passado por dois dos três mais fortes clubes do Brasil, algo que não seria nenhuma surpresa - analisou Leandro Quessada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos