Jornalista revela que Daniel Alves trocava mensagens com sua ex-mulher

Daniel Alves está preso desde o dia 20 de janeiro, em Barcelona (Josep LAGO/AFP)


Preso desde a última sexta-feira acusado de assédio sexual e estupro contra uma mulher, Daniel Alves foi criticado por um jornalista. Durante o programa 'Salvame', Pipi Estrada revelou que o jogador mandava mensagens para Miriam Sanchez, esposa do comentarista na época.

- Eu era muito amigo do Dani Alves até que um dia descobri que ele mandava recados para a mãe da minha filha. Ele era tudo muito inocente, tipo insinuações... Uma das coisas que me chamou a atenção é que ele dizia coisas como 'a gente conversa quando pudermos' e mandava beijinhos - comentou.

+ Esposa de Daniel Alves nega apoio ao jogador e critica jornal: 'Não deturpem o que digo'

- Lembro-me de um dia, num clássico, Barcelona x Real Madrid, que o vi e lhe perguntei: 'O que se passa aqui?' E ele me disse: 'Eu não fiz isso, alguém deve ter usado meu telefone. Papi, eu não fiz isso com você'. Ele negou tudo para mim, mas eu vi - completou o jornalista.

+ Carlos Cereto dá a sua versão sobre saída da Globo: 'A grande verdade'

Daniel Alves está preso preventivamente na Espanha. O jogador é acusado de agredir sexualmente uma mulher em uma boate, em Barcelona, no dia 30 de dezembro do ano passado. A Justiça Espanhola determinou a prisão do lateral após o atleta prestar depoimentos contraditórios sobre o caso.