Jornalista propõe mudança no nome do Maracanã: 'Rei Pelé'

Maracanã é chamado de "Estádio Jornalista Mário Filho" desde 1966 (Foto: Mariana Sá / LANCEPRESS!)


Após a morte de Pelé, nesta quinta-feira, diversas sugestões de homenagens ao Rei do Futebol começaram a surgir nas redes sociais. Marcel Rizzo, jornalista do "UOL Esporte", escreveu que o Maracanã, maior estádio do Brasil, deveria ser renomeado.

- Que Mario Filho me perdoe, mas o Maracanã deveria ser rebatizado de Rei Pelé - publicou.

+ Gols, títulos, prêmios e estatísticas: veja números da brilhante carreira do Rei Pelé

Nos comentários da publicação, a maioria dos internautas, especialmente torcedores de clubes cariocas, discordou da sugestão do jornalista.

- Vamos homenagear o Pelé sem apagar a história que existiu antes dele, o Maracanã precisa ser para sempre Mario Filho, que batalhou pela construção do estádio, agora onde o estádio fica, que hoje se chama Av. Presidente Castelo Branco, poderia ser rebatizada de Rua Rei Pelé - escreveu um internauta.

- O cara jogou a vida inteira na Vila Belmiro, vai ser velado na Vila Belmiro, vai ser enterrado em frente à Vila Belmiro, mas tem que botar o nome do Maracanã de Rei Pelé, vai entender - publicou outro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

+ Jornalista do SporTV pede a Lula que vista camisa de Pelé durante posse: ‘Resgatar um símbolo nacional’

No final da década de 1940, o jornalista Mário Filho lutou para que o estádio que seria construído para a realização da Copa do Mundo de 1950 no Brasil ficasse localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro. Por isso, após sua morte, em 1966, o "Estádio Municipal do Maracanã" foi rebatizado como "Estádio Jornalista Mário Filho".