Jornalista diz que gigantes recusados por Vojvoda 'não ostentam a competência do Fortaleza'

Técnico argentino foi um dos nomes mais cobiçados do mercado (Foto: Divulgação/Fortaleza)


Com o anúncio da permanência do técnico Jaun Pablo Vojvoda no Fortaleza, que renovou contrato até o fim de 2024, Paulo Cobos, jornalista da ESPN, criticou os gigantes do futebol brasileiro que tentaram a contratação do treinador argentino. Para ele, a decisão de Vojvoda foi um "tapa na cara" das equipes da região Sudeste, a mais rica do país.

Paulo Cobos garantiu que embora clubes como Corinthians, Santos, Vasco e Atlético-MG ostentem grandes títulos no cenário nacional e internacional, a "competência" na organização do Fortaleza foi fundamental para a permanência de Vojvoda no clube cearense.

- Hoje o Fortaleza é muito mais organizado que Corinthians, Atlético-MG, Santos e Vasco. O "fico" de Vojvoda no time cearense é um tapa na cara dos grandes do Sudeste, que nem de perto ostentam a competência do Fortaleza - disse Paulo Cobos.

+ Fortaleza supera concorrência e anuncia a renovação com o técnico Juan Pablo Vojvoda

O técnico argentino foi um dos nomes mais cobiçados do futebol brasileiro nas últimas semanas. Porém, o Fortaleza bateu o martelo, nesta sexta-feira, após anunciar a renovação até o fim de 2024.