Jornalista equatoriano descreve Jhon Sánchez, novo reforço do Vasco: 'Muita categoria para driblar'

·1 minuto de leitura


Um jogador que surgiu como revelação insinuante, prometeu, ainda não cumpriu, mas tem idade para se consolidar como um jogador importante. Jhon Sánchez, novo contratado do Vasco, é um extremo, ou ponta - principalmente esquerdo - de potencial, que busca um novo espaço para se consolidar. Quem explica é o jornalista Andrea Muñoz Araneda, da Radioactiva do Equador.

- Ele é um jogador muito rápido, desequilibrante. Tem muita categoria para driblar, encarar o adversário e definir a jogada. Ele se tornou relevante no Independiente Del Valle a ponto de ser campeão da Copa Sul-Americana fazendo gols no torneio, na final inclusive - valorizou Andrea, em contato com o LANCE!.

Em 2019, o Independiente Del Valle - que emprestou o atacante por um ano ao Vasco - conquistou o primeiro título internacional de sua história. Foi o ponto alto da ainda curta carreira de Sánchez. Naquele torneio ele fez três gols e deu duas assistências mesmo sem ser titular absoluto.

- Foi importante, mas exatamente depois da (paralisação no calendário por conta da) pandemia ele perdeu muito ritmo e frequência como titular. Nunca se consolidou como titular, mas, quando entrava, dava muitos problemas aos adversários. Esse ano ele teve poucos minutos e esse passo ao Vasco permite novos ares, um novo objetivo. Ele tem muita qualidade e deveria ser importante onde jogar - projetou Andrea Muñoz Araneda.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Sánchez chega ao Vasco para ocupar lacuna existente desde a venda de Talles Magno, em maio. No elenco, os pontas mais utilizados são Léo Jabá, Morato, Gabriel Pec e, mais recentemente, Marquinhos Gabriel tem feito a função.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos