Jornalista da ESPN utiliza régua para 'medir' lance anulado de Gabigol: 'A linha está errada'

Botafogo venceu o Flamengo em Brasília (Reprodução / ESPN)


A vitória do Botafogo sobre o Flamengo por 1 a 0 rendeu muita polêmica e repercussão. Durante o programa "Futebol Zero 67", da ESPN, o jornalista Cacau Motta utilizou uma régua para analisar gol anulado de Gabigol. A declaração do comentarista causou repercussão nas redes sociais e o perfil oficial do Botafogo fez questão de "debochar" do caso.

+ Flamengo de Paulo Sousa 'encalha' e entra no top-5 dos piores inícios do clube no Brasileirão

- A linha está errada. Se voltarem o lance, a linha está errada. Eu fiz com a régua aqui na tela. A linha que eles traçaram está em uma diagonal em relação a área. É só ver isso. O Gabigol está na mesma linha da bola. A linha da área está reta e a linha do Gabigol está torta. Foi mal traçada a linha. É um detalhe. Isso comprova que foi um detalhe muito pequeno e uma polêmica grande - disse Cacau Motta.

Após a declaração do jornalista, o perfil oficial do Botafogo publicou um frase debochando da análise feita.

- Vou lançar o 'disfarçadin'. Não tem jeito, o administrador vai cortar o cabelo hoje e deixar NA RÉGUA - brincou o perfil oficial do clube.

+ John Textor parabeniza Botafogo por vitória sobre o Flamengo e avisa: 'Estamos apenas começando'

Torcedores alvinegros ficaram eufóricos com a publicação "debochada" do clube. Neste último domingo (08/05), o Botafogo encerrou um jejum de quatro anos sobre o Flamengo. O clube alvinegro não vencia o time rubro-negro desde 2018.

Botafogo e Flamengo vem buscando se adaptar com a chegada de treinadores estrangeiros. Paulo Sousa e Luís Castro são portugueses e foram contratados para montar times competitivos. Independentemente do futebol apresentado, botafoguenses e flamenguistas estão com uma expectativa alta para o restante da temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos