Jornalista aponta Cruzeiro como terceira força de Minas e dispara após derrota: 'Medo do Galo'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Cruzeiro foi derrotado pelo América-MG no primeiro jogo da semifinal do Mineiro. A equipe de Felipe Conceição saiu na frente do placar, mas levou a virada nos minutos finais. Em seu blog no UOL, Milton Neves fez duras críticas à postura do time e apontou que o revés retrata um suposto temor em enfrentar o rival Atlético em uma eventual decisão. Por fim, afirmou ainda que o Cruzeiro, ao lado de equipes menores do estado, é a terceira força.
+ Confira a classificação dos grupos da Libertadores

- No Mineirão, deu a lógica. Afinal de contas, o futebol de meu estado hoje tem duas forças. A primeira, é o Atlético-MG, inegavelmente. A segunda é o América-MG de Lisca, que de louco não tem nada. Aí, na sequência, no mesmo patamar, aparecem Tombense, URT, Pouso Alegre, Caldense, Uberlândia e Cruzeiro - apontou o apresentador da Band

Milton Neves ainda ponderou que a vitória do Coelho não foi surpresa alguma, apesar do Cruzeiro ter ficado na frente do placar por boa parte do jogo. Por fim, o jornalista afirmou que pelo receio de enfrentar o Atlético Mineiro na final da competição, a equipe de Conceição deixou o resultado escapar.

- O que surpreendeu foi o Cruzeiro ter passado boa parte do clássico em vantagem no placar. Mas, no final do duelo, o medo de pegar o Atlético-MG na final, o time celeste pipocou e permitiu a óbvia virada. Está mais na cara que nariz, minha gente! A final será entre Atlético-MG e América-MG - concluiu.

Na última partida entre os rivais mineiros, o Cruzeiro bateu o Galo pela nona rodada do torneio.

O jogo de volta entre os comandados de Felipe Conceição e Lisca será no próximo domingo, às 16:00, no Independência.