Jornal vaza áudios de presidente do Real Madrid: ‘Raúl e Casillas foram dois grandes golpes’ - confira

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O clima entre o cartola Florentino Pérez e o Real Madrid não é dos melhores desde a última terça-feira, 13. Isto porque, o Jornal “El Confidencial”, da Espanha, vazou uma série de áudios do mandatário merengue criticando grandes ídolos do clube: o ex-atacante Raúl e o ex-goleiro Iker Casillas. As gravações seriam de conversas de Pérez que foram gravadas entre 2006 e 2008.

Em declaração, Florentino Pérez não poupou críticas aos dois ícones do Santiago Bernabéu. Ele, inclusive, falou que o Iker não teria nível para atuar no Real Madrid e que ele foi um dos ‘grandes golpes’, assim como Raúl. Veja trecho dos áudios:

“Casillas não é goleiro para o Madrid, o que você quer que eu diga? Não é, nunca foi. Foi um grande fracasso que tivemos. Um dos grandes golpes, o segundo é Raúl", declarou Pérez, antes de emendar: “Beckham é um cara bom, muito esperto também. Ele traz € 30 milhões por ano, Ronaldo também, Zidane traz € 25 milhões. E tem o Raul, que não vende nada, nem mesmo uma camisa, ele não tem valor de mídia”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Pérez foi além e afirmou que Raúl estaria tentando acabar com o Real Madrid. “Raul é ruim para o clube, ele acredita que o Madrid é dele e usa tudo o que está nele para o seu benefício. Ele está sendo uma figura negativa, ele está destruindo o Madrid”, declarou, emendando com novo ‘golpe’ em Casillas:

“Quando tivemos que jogar contra o Barcelona pelo título da LaLiga. Casillas chegou atrasado, eu não podia acreditar, ele estava conversando com a namorada. Uma piada. Ele é um cachorrinho de estimação", declarou. O cartola também falou que o ex-goleiro era “baixinho” e que não enxergava bem.

Resposta de Florentino Pérez

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em resposta, Florentino Pérez publicou uma nota oficial no site do Real Madrid. O mandatário não questionou a veracidade dos áudios, mas os declarou ilegais e que fazem parte de um boicote contra ele por conta da Superliga. Veja:

"Face à notícia difundida pelo El Confidencial, na qual são coletadas frases que me são atribuídas, julgo ser necessário esclarecer:

- As frases reproduzidas foram pronunciadas em conversas gravadas clandestinamente pelo Sr. José Antonio Abellán, que há muitos anos tenta vendê-las sem sucesso. É agora surpreendente que, apesar do tempo decorrido, o diário El Confidencial as tenha publicado hoje.

- São frases soltas, retiradas do amplo contexto em que foram produzidas.

- A sua divulgação agora, após tantos anos desde que ocorreram essas conversas, é entendida pela minha participação com um dos promotores da Superliga.

- O assunto está nas mãos dos meus advogados, que estudam as possíveis ações a serem tomadas"
.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos