Jornal revela acordo milionário entre presidente da federação e Piqué

·2 min de leitura
Áudios revelados mostraram conversas de Piqué com o mandatário da Federação espanhola. Foto: Jose Breton/Pics Action/NurPhoto via Getty Images
Áudios revelados mostraram conversas de Piqué com o mandatário da Federação espanhola. Foto: Jose Breton/Pics Action/NurPhoto via Getty Images

A segunda-feira não foi mais um dia para o futebol espanhol, que acordou abalado com as informações reveladas pelo jornal El Confidencial envolvendo Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola, e Gerard Piqué.

O jornal publicou uma série de áudios de conversas entre Rubiales e o zagueiro do Barcelona, ​​nas quais eles concordam com uma comissão milionária para transferir a Supercopa da Espanha para a Arábia Saudita.

Leia também:

"Vamos ver, Rubi, se é uma questão de dinheiro, se eles (Real Madrid) iriam por 8, caramba, cara, você paga oito para o Madrid e oito para o Barça... os outros pagam 2 e 1... São 19, e a Federação guarda seis quilos, tio. Antes de você não guardar nada, você guarda seis quilos. E pressionamos a Arábia Saudita e talvez consigamos sair... dizemos a eles que, se não, Madrid não vai e tiramos mais uma vara ou mais duas varas...", expressa Gerard Piqué em um dos áudios que logo viralizaram nas redes sociais.

Segundo o periódico espanhol, no contrato assinado com a Sela, empresa pública saudita, a Federação garantiu a arrecadação de 40 milhões de euros por cada edição, enquanto a Kosmos, empresa de Gerard Piqué, leva quatro milhões por cada um dos seis anos assinados, 24 no total. A primeira edição da Supercopa da Espanha que foi disputada na Arábia Saudita foi em janeiro de 2020 e o Real Madrid venceu após bater o Atlético nos pênaltis.

Na prévia da definição, Rubiales havia admitido em conferência que a Kosmos havia intervindo nas negociações, mas deixou claro que a Federação não pagou nada à empresa de Piqué para chegar a esse acordo. A Kosmos não poderia cobrar uma comissão diretamente da Federação para não infringir o código de ética.

O jornal indica que as negociações entre Rubiales e Piqué começaram no final de 2018, quando o zagueiro propôs transformar o torneio em final four, com a intenção de aumentar o valor dos direitos televisivos. A partir daí, Kosmos e a RFEF começaram a trabalhar juntos para chegar a um acordo.

Na mesma nota, o El Confidencial também publicou alguns áudios entre Rubiales e Piqué falando sobre a possibilidade de levar a Supercopa ao Camp Nou, embora com um encontro anterior com o Real Madrid, para lhe oferecer a possibilidade de jogá-lo no Santiago Bernabéu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos