Jornal francês mostra bastidores do PSG e diz que festas, privilégios e faltas trazem incômodo no vestiário

·2 min de leitura


Elenco mais estrelado do mundo, com nomes como Neymar, Messi e Mbappé, o Paris Saint-Germain tem vivido dias conturbados para domar todas estas feras em seu vestiário. De acordo com a imprensa francesa, a primeira metade da temporada 2021/22 foi marcada por diversas dificuldades para o técnico Mauricio Pochettino dentro e fora das quatro linhas.


Segundo o jornal "L'Équipe", problemas como tensão entre diferentes grupos de jogadores, disputas por privilégios, faltas injustificadas e até festas sem permissão estão entre os casos que aconteceram no elenco parisiense desde o início da temporada.

+ Veja a tabela e os jogos da Ligue 1

A manchete do jornal traz algo como "Paris: segredos e ruídos" no título, que na tradução para o francês é dito como "Paris: secrets et grincements", uma alusão à sigla "PSG" nas três primeiras letras das primeiras palavras do enunciado.

Capa do jornal L
Capa do jornal L

Capa do L'Équipe mostrando as polêmicas do PSG (Foto: Reprodução)

De acordo com o "L'Équipe", o brasileiro Neymar está envolvido em uma das polêmicas. O camisa 10 não compareceu a um compromisso promovido por um dos patrocinadores do clube e sua presença era vista como obrigatória. O PSG estudou punir o astro, mas não a concretizou.

Outro ponto citado na reportagem é que dois jogadores sul-americanos, que não tiveram os nomes revelados, se apresentaram para uma atividade sem condições de treinar depois de uma festa que durou parte da noite e da madrugada. O trecho não relaciona o evento com a festa de Lionel Messi após a conquista da Bola de Ouro, em novembro, mas após a celebração do argentino, o próprio camisa 30 e o compatriota Paredes tiveram uma gastroenterite e não puderam treinar, segundo o divulgou o PSG.

+ Chelsea vai poupar o time no Mundial? Veja quem são os reservas dos Blues

Em relação a alguns privilégios, parte dos atletas não gostou da liberação que o Paris Saint-Germain concedeu ao atacante Mauro Icardi, que teve problemas conjugais com a modelo Wanda Nara. O argentino foi liberado para viajar à Itália por três dias, desfalcando a equipe no período.

Fora de campo, as reclamações ao técnico Mauricio Pochettino se dão quanto ao rendimento da equipe, que não tem encantado como o torcedor imaginou. Na Champions League, o PSG ficou em segundo no seu grupo, atrás do Manchester City, e vai encarar o Real Madrid nas oitavas de final. No Campeonato Francês, entretanto, os parisienses lideram o torneio com 13 pontos de vantagem para o Olympique de Marseille, o vice-líder.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos