Jornal: Xavi teria recusado proposta da CBF para ser auxiliar de Tite na Seleção Brasileira

·1 minuto de leitura


Passando férias na Espanha após o fim da temporada no Qatar, o futuro do técnico Xavi Hernández, do Al Sadd, poderia ser o Brasil. Segundo informações da imprensa espanhola, o ídolo do Barcelona recebeu uma proposta para ser o auxiliar de Tite na Seleção Brasileira até a Copa do Mundo de 2022.

+ Tabela das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022


De acordo com o jornal "As", de Madri, a oferta para o catalão de 41 anos, que foi recusada, seria visando também o futuro. A ideia da CBF, segundo o portal, era que o ex-jogador assumisse como treinador da Seleção Brasileira após o Mundial do próximo ano.

Com contrato renovado no Al Sadd, Xavi vem sendo especulado para assumir o comando do Barcelona. Depois de uma temporada com altos e baixos sob o comando do holandês Ronald Koeman, o presidente Joan Laporta estudar mudar o comando blaugrana, e o ex-capitão aparece como favorito.

+ Veja os convocados da Seleção Brasileira para jogos contra Equador e Paraguai

Ainda segundo o "As", além de recusar a oferta da Seleção Brasileira, Xavi também foi procurado pelo Borussia Dortmund, mas declinou o convite aurinegro. O clube alemão acertou com Marco Rose, que deixará o Borussia Mönchengladbach.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos