Jornais espanhóis detonam atuação de Marcelo após derrota do Real Madrid: 'Até quando?'

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Maior campeão da história da Champions League com 13 taças, o Real Madrid estreou na edição de 2020/21 com o pé esquerdo. Em uma atuação apática e marcada por erros defensivos graves - especialmente os primeiros 45 minutos de jogo -, o gigante merengue acabou batido em casa por um valente Shakhtar Donetsk: 3 a 2, gols de Tetê, Varane (contra) e Solomon. Luka Modric e Vinícius Júnior descontaram para os donos da casa na segunda etapa.

A partida muito abaixo da média do Real ligou um sinal amarelo no Santiago Bernabéu e, obviamente, gerou questionamentos duros de torcedores e imprensa local. Todo o sistema defensivo merengue esteve sob holofotes negativos, mas um jogador específico acabou recebendo as críticas mais duras: Marcelo.

Real Madrid v Shakhtar Donetsk: Group B - UEFA Champions League | Quality Sport Images/Getty Images
Real Madrid v Shakhtar Donetsk: Group B - UEFA Champions League | Quality Sport Images/Getty Images

"Marcelo: até quando? Na defesa, não se pode contar com ele. Nunca está lá. No ataque, tentou na segunda etapa, mas está a anos-luz do brilhante jogador que foi. Uma pena, mas está para jogar a Copa e pouco mais", trazia o jornal 'Marca' no pós-jogo.

Como destaca a ESPN, outros jogadores brasileiros tiveram atuação criticada pelo periódico espanhol, como Casemiro e Éder Militão. Responsável por substituir o lesionado Sergio Ramos, o zagueiro ex-São Paulo esteve perdido durante os 90 minutos de jogo: "Que tarde-noite de Militão! Aparece na foto de dois dos três gols. A distração no terceiro, intolerável. Viu o amarelo por uma dura entrada. Batido", publicou.

Real Madrid v Shakhtar Donetsk: Group B - UEFA Champions League | Quality Sport Images/Getty Images
Real Madrid v Shakhtar Donetsk: Group B - UEFA Champions League | Quality Sport Images/Getty Images