Jorge Sampaoli culpa concorrência por ausência de Ganso nos jogos

Brasileiro marcou dois gols na vitória do Sevilla na última sexta-feira e não entrava em campo desde janeiro

Paulo Henrique Ganso ficou 108 dias sem ter a chance de entrar em campo vestindo a camisa do Sevilla. Porém, na última sexta-feira, o brasileiro teve a oportunidade de ser titular e não decepcionou: marcou os dois gols da vitória de sua equipe por 2 a 0 sobre o Granada, pelo Campeonato Espanhol.

Após a partida, o técnico Jorge Sampaoli falou sobre o retorno do meia e, mesmo sem elogiar muito Ganso, afirmou que a concorrência na posição é grande, assumindo a "culpa" pela não escalação dele.

- Ele jogou muito bem. Por que veio para o clube ou por que não jogou tem a ver comigo. Tenho muitos jogadores nessa posição. Há uma concorrência muito ativa. As decisões táticas me levaram a outros nomes ou outras características. É minha responsabilidade. Achava que o time precisava de outra coisa - disse o argentino.

A última partida disputada pelo Ex-São Paulo tinha sido no dia 4 de janeiro, quando o Sevilla perdeu por 3 a 0 para o Real Madrid, na Copa do Rei. Competição, inclusive, que Ganso também havia feito seu primeiro e único gol, na vitória por 9 a 1 sobre o Formentera.





E MAIS: