Jorge Nicola não aceita cláusula de exclusividade da Disney e anuncia saída da ESPN: 'Decidi não renovar'

LANCE!
·2 minuto de leitura


O jornalista esportivo Jorge Nicola anunciou nesta segunda-feira por meio de seu canal no Youtube que o contrato com a ESPN e o Grupo Disney terminou neste domingo, último dia de janeiro, e ele agora segue seu caminho fora da emissora. Jorge informou ainda que foi procurado por uma renovação, mas não aceitou os termos de exclusividade da empresa.

+ Veja a tabela e simule os resultados do Brasileirão

Para renovar, Jorge Nicola deveria abrir mão de trabalhos em outros meios de comunicação e ficar apenas na ESPN.

- Não vou mais poder, a partir desta segunda-feira, me apresentar como comentarista dos canais ESPN. Meu contrato com a ESPN terminou nesse domingo, 31 de janeiro, e eu decidi não renovar o contrato - disse.

- Em dezembro, fui chamado para uma primeira conversa e debatemos de uma alternativa. Me ofereceram reajuste de 30% em relação aos vencimentos para que eu migrasse o meu blog do Yahoo para ESPN, além de manter as condições atuais, participação no BB Debate, transmissão de jogos, mas teria que abrir mão do meu canal no YouTube - afirmou.

- Pensei, refleti e decidi por recusar a proposta de renovação do contrato da ESPN por respeito ao pessoal do Yahoo, por meu mantenho meu blog desde 2014 e por respeito a quem acompanha o Canal do Nicola - concluiu.

Nicola concluiu dizendo que pretende investir cada vez mais em seu canal no Youtube, agradeceu pelo período na ESPN e disse que não é possível afirmar se isso é um adeus definitivo.

- Admito que não foi nada fácil dizer não para a ESPN, mas seria ainda mais complicado falar não para todos vocês, além de todos os parceiros, patrocinadores. Sobre a ESPN, queria muito agradecer a todo o mundo", declarou. "Não dá para dizer que é um adeus. Pode ser um até logo, mas, de qualquer maneira, já sou extremamente grato - finalizou.

A cláusula de exclusividade do Grupo Disney tem gerado polêmica e afastado alguns dos grandes nomes dos canais esportivos ESPN e Fox Sports. No inicio do ano, Mauro Cezar Pereira e Benjamin Back não aceitaram deixar os trabalhos em outros meios de comunicação e saíram do Grupo Disney.