"De Jong tem que se adaptar a um futebol diferente do Ajax", diz Busquets

Goal.com
Meio-campista do Barcelona compareceu e concedeu entrevista coletiva antes de jogo da Espanha
Meio-campista do Barcelona compareceu e concedeu entrevista coletiva antes de jogo da Espanha

Sergio Busquets, meio-campista do Barcelona, concedeu entrevista antes de enfrentar as Ilhas Faroé neste domingo, no estádio El Molinón. Nesse sentido, o jogador do Barça abordou as diferentes questões que se comprometem internacionalmente, mas também foi consultado sobre seu clube e colegas de equipe, como foi o caso de Frenkie De Jong. Segundo Busquets, o ex-Ajax ainda deve se adaptar a um futebol diferente do que jogou no time holandês.

Questionado sobre o trabalho que De Jong está fazendo no Camp Nou, e considerando que o próprio jogador de futebol holandês reconhece que está abaixo do que ele pode oferecer, Busquets respondeu: "Ele deve se adaptar a um futebol que não seja o Ajax. Mas ele maravilha, tem muito presente e futuro para ser um dos melhores".

Por outro lado, o jogador de 31 anos se referiu ao seu futuro: "Você tem idade e vai ano após ano. Depende de como me sinto e da confiança do treinador. Estou pensando nesta temporada. Trabalhe para melhorar. Agora A Eurocup chega e é isso que me preocupa. De lá, eu não saberia lhe contar".

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Quanto às Ilhas Faroé, rival deste domingo, ele disse: "Como país, só fomos ao hotel e treinamos. É um país muito pequeno, com uma população pequena, muita natureza ... O jogo de amanhã não é brincadeira. Levamos isso muito a sério. Eles têm todo o nosso respeito. Lá jogamos um bom jogo em uma superfície diferente. O time que der o seu melhor fará o possível para marcar gols e vencer".

"Somos os primeiros que querem jogar bem. Na etapa anterior, obtivemos o bloqueio anterior, o que aconteceu na Copa do Mundo aconteceu e foi negativo em termos de resultados. Estamos na estrada, precisamos trabalhar juntos, precisamos de algum tempo para melhorar", continuou Busquets.

O jogador do Barcelona também foi questionado sobre Sergio Ramos, que chegará a 167 jogos com a Espanha. "É uma brutalidade de jogos. É um dos melhores do mundo. Ele teve a sorte de jogar muito. Ir longe em muitas fases. Ganhar 2 Eurocups e Copa do Mundo. É um orgulho tê-lo aqui como capitão", respondeu ele.

Leia também