De Jong confirma 'resfriado', mas tranquiliza torcida da Holanda para jogo contra a Argentina

Frenkie é um dos grandes destaques da Holanda na Copa do Mundo (Alberto PIZZOLI / AFP)


A Holanda ainda não teve problemas de lesão na Copa do Mundo, mas convive com outra questão: os resfriados. Alguns jogadores apresentaram sintomas gripais ao longo das semanas, como Frenkie De Jong. Fundamental no esquema do técnico Louis Van Gaal, o volante confirmou que jogará contra a Argentina, nesta sexta-feira, mesmo que esteja doente.

Em clima descontraído, De Jong comentou sobre os dias complicados durante a passagem do resfriado. Mesmo doente, o volante mostrou confiança e, principalmente, animação para o segundo confronto da Holanda no mata-mata da Copa do Mundo.

+ Jogadores da Holanda aproveitam folga com passeio de barco; Van Gaal acredita em título

- Mesmo que esteja muito doente, vou jogar contra a Argentina. As coisas estão melhorando, vai ser muito bom. Mesmo quando estou doente, eu jogo. Acho uma Copa do Mundo fantástica, o melhor torneio que existe. O mundo inteiro está nisso. Toda a Holanda está feliz então. No futebol de clubes, claro, é diferente. Você vê uma espécie de confraternização, que é muito gostoso de vivenciar - disse, em entrevista ao De Telegraaf.

O volante do Barcelona também comentou sobre as críticas da imprensa direcionadas à seleção holandesa. Frenkie confirmou que as críticas mexem com o elenco, mas de uma maneira positiva, de olho na melhora.

- Nós entendemos que há críticas ao jogo e coisas assim. Isso não é nada mau. Também pensamos que podemos jogar muito melhor com a bola. Por outro lado, estamos nas quartas de final. Essa é a coisa mais importante - finalizou.

+ Van Gaal vê Holanda com 'mesmo futebol' do Brasil na Copa do Mundo

A Holanda volta a campo nesta sexta-feira, às 16h (de Brasília), para enfrentar a Argentina, de Lionel Messi. A partida acontecerá no Estádio Lusail, em Doha, e todos os ingressos já foram vendidos.