Jonas preocupa e Matheus Fernandes fora: as dúvidas de Jair para terça

Durante a cirurgia, houve a confirmação de que o problema no joelho esquerdo era mais grave. Titular neste início de temporada pode não jogar mais em 2017. Posição vive drama

Depois de 14 dias de preparação e um jogo pelo Carioca, o Botafogo finalmente terá pela frente a estreia na fase de grupos da Libertadores, nesta terça-feira, contra o Estudiantes-ARG. E o técnico Jair Ventura terá problemas para resolver até o jogo no Nilton Santos. Principalmente na sua posição de lateral-direito.

Com uma entorse no joelho, Jonas não participou das últimas atividades do Botafogo e segue como dúvida para a decisão desta terça. O lateral-direito se machucou no primeiro tempo da vitória contra o Volta Redonda. As prováveis opções para a ausência do jogador seriam o volante Bruno Silva improvisado - como foi testado na estreia na Taça Rio - ou o zagueiro Marcelo na posição. Isso vai depender da postura - mais ofensiva ou equilibrada - que o time adotará.

No caso de Matheus Fernandes, a situação se tranquiliza pelo fato de Airton - que não jogou contra o Volta Redonda - retornar aos 11 iniciais para a decisão na Libertadores. Contudo, o comandante perde uma opção no maio-campo, já que o jogador sofreu um estiramento leve na coxa - assim como Leandrinho - e ficará de fora durante duas semanas até sua total recuperação.

Matheus Fernandes chegou a ser titular na classificação do Botafogo contra o Olimpia, no Defensores del Chaco. O jovem de 18 anos foi utilizado em três dos quatro jogos do Botafogo na atual edição da Copa Libertadores, sendo dois deles saindo do banco. Já Leandrinho ainda não havia entrado no torneio.

Em relação aos dois jovens revelados no clube, o comandante deve conseguir substituir à altura, tendo mais opções no elenco, como João Paulo, Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense e Fernandes. Na lateral, a questão acaba sendo mais preocupante. Como Jair não tem utilizado Marcinho na Libertadores, improvisar será necessário caso Jonas não tenha condição. Agora, é aguardar até terça.








E MAIS: