Jon Jones admite que não tratou testes da USADA com seriedade; entenda

Em julho passado, Jon Jones foi flagrado em um exame antidoping que indicou que o atleta teria ingerido elementos bloqueadoras de estrogênio – que podem mascarar a presença de outras substâncias. Ao se defender, ‘Bones’ alegou o uso de um estimulante sexual que estaria contaminado e negou a ingestão de qualquer anabolizante. Suspenso por um ano após acordo com a Comissão Atlética de Nevada, o ex-campeão meio-pesado (93 kg) do UFC está próximo de retornar ao octógono mais famoso do planeta. E agora, o lutador garante que não vacila mais com os testes realizado pela USADA (agência americana de controle antidopagem).

Durante uma entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Jones admitiu que deveria ter sido mais atento às regras antidoping e deixou claro que não dá mais chance ao azar – o americano informa a USADA sobre os seus passos e substâncias que está ingerindo.

“Eu deveria ter levado as regras mais a sério e, literalmente, testado tudo. Eu achei que não precisava porque não tinha nada a ver com aumento de performance no esporte. Agora eu levo a USADA bem a sério. Eu mando tudo para eles e digo onde vou estar”.

Apesar de suspenso justamente pela ingestão de um estimulante sexual, Jones revelou que sempre fez uso de tais substâncias e ainda recomendou as pílulas. Além disso, Bones fez questão de ressaltar que nunca fez uso de qualquer anabolizante ou esteroide.

“Estou no UFC há muitos e muitos anos, e eu sempre tomei pílulas para aumento de performance sexual durante minha vida adulta. Eu recomendo, é muito bom. É excelente. Eu nunca trapaceei nesse esporte. Cada milímetro do meu sucesso veio de trabalho duro, dedicação, foco e, muitas vezes, grosseria. Eu não me preocupo que isso me siga para sempre porque eu acredito que os fãs enxergarão o que aconteceu na situação”, declarou.

Jones é considerado um dos melhores lutadores da história do Ultimate, com oito defesas de cinturão seguidas. Aos 29 anos de idade, o americano coleciona na carreira um cartel com 22 vitórias e apenas uma derrota.