Jojo Todynho sobre críticas na cobertura da Copa: 'não me conhecem'

Jojo Todynho e ex-jogador Fred participam da cobertura da Copa do Mundo pela Globo (Foto: Reprodução)

Alvo de críticas nas redes sociais por fazer parte da cobertura da Copa do Mundo na Globo, Jojo Todynho, de 25 anos, comentou por meio de uma live feita em sua conta no Instagram, na noite da última terça-feira (22), sobre a experiência na estreia do programa "Central da Copa", no SporTV. A influenciadora revelou nervosismo mas celebrou a oportunidade.

Leia também:

- Estou apaixonada pela vida e por todos os momentos bons que ela tem me proporcionado nos últimos dias. Fiquei muito nervosa ontem com a estreia da Central da Copa. Minha tristeza hoje é porque pessoas que fizeram parte da minha vida de alguma maneira, que sempre torceram por mim, não estão aqui para me prestigiar... tenho muitas pessoas que estão ao meu lado, que me dão força e me colocam para cima, mas não sei lidar com perda e assimilar que as pessoas fora embora. O luto me tortura - disse Jojo Todynho.

Na sequência da live, a cantora fez uma série de elogios ao ex-jogador Fred, com quem trabalha em conjunto na cobertura da Copa do Mundo pela Globo.

- Meu príncipe chegou. Fred é lindo, um acontecimento. O homem é cheiroso, estiloso e maravilhoso - brincou.

Por outro lado, Jojo Todynho também falou sobre as críticas que recebe nas redes sociais. Segundo a cantora, a sua personalidade forte faz com que as pessoas que não a conhecem não gostem dela.

- Eu sei que as pessoas que não me conhecem e me veem na internet não gostam de mim, acham que sou grossa, estressada, mas não sou assim. Sou um doce. Também não posso ficar abrindo a armadura porque se eu abaixar a bola, o mundo me engole. Sou essa pessoa que ama estar com os meus, e se você precisar de mim, vou estar aqui para te ajudar no que for preciso e estiver ao meu alcance... As pessoas têm de mim o que buscam. Se me tratam bem, eu trato melhor ainda. Se acham que vão crescer pra cima de mim, aqui o pau quebra de verdade. Tudo o que a gente planta, a gente colhe. Se eu venho colhendo coisas boas é porque Deus conhece meu coração - explicou.