Joinville vence jogo de sete gols e se aproxima da Chapecoense

Em partida muito disputada de sete gols e duas viradas na etapa final, o Joinville venceu o Tubarão em casa por 4 a 3 e assumiu a vice-liderança do Campeonato Catarinense. Com o tento da vitória marcado aos 43 do segundo tempo, o JEC chegou a treze pontos no estadual, três a menos que a líder Chapecoense. O Tubarão permaneceu na quinta posição, com sete tentos.

Agora com quatro vitórias, um empate e uma derrota em seis jogos, a equipe do interior joga novamente em casa na próxima rodada, contra o Inter de Lages, no sábado às 19h (de Brasília). O Tubarão, por sua vez, viaja até o Heriberto Hulse para enfrentar o Criciúma no domingo, às 18h30.

O primeiro lance de maior perigo do Joinville saiu dos pés de Aldair. Em uma cobrança de falta da intermediária, o jogador bateu com muita categoria de pé direito e a redonda explodiu na trave direita do arqueiro Luiz Carlos.

E a grande pressão do JEC fez efeito. Depois de perder uma chance aos 22 de perna direita, Alex Ruan avançou pela direita cinco minutos mais tarde, entrou na área e disparou forte com o pé esquerdo, o bom. O atacante contou com um frango do goleiro, que espalmou para dentro do gol. 1 a 0 Joinville.

A vantagem, contudo, não durou muito. Aos 24, Marcos Vinícius cruzou na área e, após bate rebate que contou até mesmo com toque de mão do defensor do Joinville, o colombiano Rentería empurrou para o fundo das redes. Foi o décimo gol do jogador no Catarinense.

Já aos 40, uma falha defensiva bizarra recolocou os donos da casa na frente. Após bola afastada pelo sistema defensivo do JEC, Aldair saiu livre, por trás de toda a marcação, e bateu forte na saída de Luiz Carlos. Joinville na frente mais uma vez.

E o novo empate da equipe visitante não tardou a sair. Logo aos 3 da etapa complementar, Paulo Vinícius recebeu passe no canto direito e rolou para Daniel Costa chegar batendo no cantinho de Matheus. 2 a 2.

Cinco minutos depois, Rafael Ratão fez boa jogada pelo lado direito, driblou o zagueiro Max e disparou com força no gol de Matheus para anotar o gol da virada do Tubarão sobre o Joinville.

Para justificar o equilíbrio da partida, o JEC voltou a empatar, aos 31, com Feliciano. O atacante da base, que tinha acabado de entrar, aproveitou jogada incrível de Max e mandou de pé esquerdo para o gol.

E aos 43, o ponto final da partida. Juninho recebeu cara a cara com Matheus e chutou em cima do goleiro do Tubarão. No rebote, o meio campista não titubeou e balançou as redes, sacramentando a vitória do JEC. Dois minutos depois, Paulinho ainda foi expulso por agredir Caíque e novo empate ficou mais distante.

Confira os demais resultados na rodada:

Figueirense 0 x 2 Chapecoense

Almirante Barroso 1 x 3 Criciúma

Inter de Lages 2 x 2 Metropolitano

Brusque 2 x 3 Avaí