Joia da base do Santos, Matheusinho vai tirar cidadania italiana

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·2 minuto de leitura


Promessa da base santista, Matheus Lima vai dar entrada no processo para tirar cidadania italiana nos próximos dias. Com o passaporte europeu, o garoto teria mais facilidade para se transferir para o continente.

> Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

Com apenas 15 anos, ele está sendo disputado por gigantes da Europa. Quatro dos principais clubes do continente (dois da Espanha, um da Itália e um da Alemanha) já fizeram sondagens pelo jogador. Ele assinou o primeiro contrato de formação com o clube ainda em janeiro de 2020 e possui vínculo com o clube até dezembro de 2022. Matheus só poderá assinar o primeiro contrato de profissional em janeiro.

Matheus pulou etapas e foi promovido ao time Sub-17, ele é um dos destaques nas categorias de base e vai jogar o Campeonato Brasileiro sub-17 que se inicia na próxima semana. Santos vai estrear diante o Athletico-PR, no dia 24, em Curitiba.

O jogador, que chegou ao Santos em 2014 para o time Sub-9 de Futsal, acumula títulos e feitos, como as conquistas da IberCup Sub-12 em 2017, a Copa Ouro Sub-13 em 2018, além das artilharias da própria IberCup e do Paulista Sub-9 de Futsal em 2014. Na temporada passada, ele fez 14 gols em seis partidas na IberCup Sub-13 e também atuou em um desafio do time Sub-15 pelo Campeonato Paulista.

Além disso, a Federação do Qatar ofereceu US$ 10 milhões para que Matheus Lima atuasse pelo país. A proposta aconteceu na gestão de transição de Orlando Rollo, mas o Menino da Vila recusou imediatamente.

Em 2019, Matheus teve grande repercussão na mídia ao marcar um gol ao estilo Lionel Messi na vitória sobre Santo André, pelo Paulista Sub-13. Na jogada, o camisa 10 saiu da lateral do campo, driblou dois adversários, arrancou, tabelou com um companheiro, entrou na área do time do ABC no meio de três marcadores e tocou para as redes.