Joia do Borussia Dortmund é acusado de adulterar idade

Jogador é acusado de adulterar idade (Foto: SASCHA SCHUERMANN / AFP)


Há cenários de preocupação no futebol alemão com a suspeita de que o jovem jogador alemão Youssoufa Moukoko, do Borussia Dortmund estaria envolvido em um escândalo de adulteração de idade que está abalando o futebol de Camarões, país de origem do jogador. Nascido no país africano, em 2004, ele se mudou para a Alemanha em 2014 e é alegado que o jogador tenha 22 e não 18 anos.

Chelsea e Newcastle são clubes que se interessam em sua contratação, mas já teriam desistido de tentar contratar o jogador após o prosseguimento das investigações de manipulação de idade Na semana passada, a seleção sub-17 camaronesa se preparava para disputar as eliminatórias da África Central para a Copa Africana, quando 21 dos 30 atletas falharam nos testes de idade.

+ Confira as notícias do mercado da bola no vaivém do L!


Na Alemanha, foi alegado que Youssoufa Moukoko teria nascido no ano de 2000, segundo indica uma certidão de nascimento e atribuída ao jogador, foi descoberta em 2022. Em 2017, a Federação Alemã (DFB) negou qualquer tipo de acusação sobre a documentação e agira, não quis responder nada sobre o caso. No mesmo ano, o treinador da equipe sub-23 do Borussia, Timo Preus chegou a questionar a idade de Moukoko.

- Talvez na realidade ele seja um ou dois anos mais velho. Mas certamente ele não tem 17 anos. Para ele isso é muito difícil. Não há nada para culpá-lo, o menino não está trapaceando nem nada - disse.

Moukoko concordou em permanecer ano Borussia Dortmund por mais tempo, segundo o Bild, em meio a propostas de gigantes europeus que ele recebeu. O contrato dele com o clube expira em junho.