John Kennedy, do Fluminense, ressalta importância do gol após partidas apagadas: 'Me deu confiança'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Nesta terça-feira, o Fluminense venceu o Boavista por 2 a 0, fora de casa, e se chegou ao seu terceiro triunfo consecutivo no Campeonato Carioca. Autor do segundo gol, o jovem John Kennedy entrou na etapa final, foi bem e ressaltou a importância de marcar após partidas sem brilho. Com os três pontos, o Fluminense chegou a nove na competição e, agora, ocupa o 3º lugar na tabela.

> Confira a classificação do Carioca

- O gol é importante, eu não estava vindo de boas atuações nas partidas, acho que foi bom para me dar um pouco de confiança e tentar seguir agora para continuar marcando e ajudar a equipe - disse o atacante de 18 anos.

Perguntado sobre como saiu a bela jogada do gol, John Kennedy afirmou que, nos treinos, a equipe vem buscando aprimorar as infiltrações. Além disso, o atleta completou que a transição rápida para o ataque foi essencial para que seu gol saísse, já no final do segundo tempo.

- A gente vem treinando essas jogadas de infiltrações, acho que eu fui bem feliz ali. Nós roubamos a bola, fizemos a transição rápida e eficaz e eu fui muito feliz no chute.

Ainda em entrevista pós-jogo, o jogador brincou ao falar sobre seu novo visual e relembrou o 'batismo' que os jovens sofrem, ao raspar a cabeça após subir para o profissional. Além disso, sobre a dedicatória do gol, o atacante disse que fez em homenagem ao seu filho Davi Lucas, de apenas um mês de idade.

- Fiquei feio careca e tive que meter um estilo diferente.

- O gol foi em homenagem ao meu filho Davi Lucas, que tem um mês de idade.