John fala sobre expectativa de estreia pelo Santos: 'Sempre esperei'

Fábio Lázaro
·2 minuto de leitura


John iniciou 2020 como quarto goleiro do Santos. Aos 24 anos, o Menino da Vila dificilmente imaginou que chegaria em novembro como titular da meta santista no duelo contra o líder do Campeonato Brasileiro, na 21ª rodada da competição.

Éverson começou a temporada como titular da posição, porém em julho entrou na justiça contra o Peixe, por conta de pendências financeiras, e posteriormente foi negociado com o Atlético-MG, Vladimir assumiu a titularidade, mas seis jogos depois sofreu uma lesão no dedo mínimo do pé direito, no qual teve que passar uma cirurgia, agora João Paulo que conquistou o seu espaço como primeira opção do gol alvinegro foi diagnosticado com o novo coronavírus às vésperas da partida contra o Internacional, neste sábado (14), às 16h30, na Vila Belmiro.

- Tinha consciência de que uma hora a oportunidade surgiria, assim como surgiu para o João no início do Brasileiro. Sempre esperei esse momento, que infelizmente aconteceu após essa situação triste de Covid. Sei que preciso agarrar a chance com unhas e dentes, pois o Santos é um time grande e para vestir essa camisa tem que estar preparado - disse o camisa 31 via assessoria.

No entanto, o arqueiro lamenta que a sua estreia no time profissional do Santos seja em uma conjuntura onde dez jogadores foram contaminados com o novo coronavírus.

- Situação difícil, mas vamos dar a nossa vida em campo por todos que estão fora. Pela comissão técnica, pelos companheiros que estarão nos assistindo em casa. Esperamos contar com eles de novo em breve, e vamos procurar fazer um grande jogo para conseguir essa vitória - afirmou John.

Com 1,92m, o goleiro está no Santos desde 2013, quando tinha 17 anos, foi promovido para o time principal em 2016 e no ano passado passou o primeiro semestre emprestado à Portuguesa Santista, para disputa da Série A2 do Campeonato Paulista.