Jogos em duas cidades inglesas podem ter provocado 78 mortes por coronavírus, revela estudo


Uma das regiões mais afetadas pelo novo coronavírus, o Reino Unido demorou a colocar em prática medidas de distanciamento com a disseminação da doença, o que ocasionou, até agora, em 39.904 mortes. O futebol no país só foi paralisado no dia 13 de março e até a pausa os jogos ocorreram com torcedores nos estádios.

E segundo um estudo feito pela Edge Health, que analisa dados para o Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS), dois jogos nas cidades de Manchester e Liverpool podem ter ocasionado na morte de até 78 pessoas, revelou o jornal "The Guardian".

A primeira partida teria sido o clássico de Manchester, entre United x City, no dia 8 de março, no Old Trafford. O estudo mostrou que 37 pessoas morreram vítimas da doença depois desta partida. Na ocasião, os Diabos Vermelhos venceram por 2 a 0, com gols de Martial e McTominay.

O outro jogo que resultou em mortes foi pela Liga dos Campeões, três dias após o dérbi de Manchester. No dia 11, o Liverpool recebeu o Atlético de Madrid pelas oitavas de final da competição europeia, perdeu por 3 a 2 (na prorrogação) e deu adeus ao sonho do bicampeonato. O estudo mostrou que 41 mortes aconteceram após esta partida, realizada no Anfield.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também