Jogos contra Colômbia sempre tiveram o "mais alto nível de exigência", diz Tite

·2 minuto de leitura
Foto divulgada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mostrando o técnico brasileiro Tite durante um treino no centro de treinamento da Granja Comary, em Teresópolis, Rio de Janeiro, em 22 de junho de 2021

O técnico da seleção brasileira Tite elogiou nesta terça-feira a seleção da Colômbia adversário desta quarta no Rio de Janeiro, na penúltima rodada do Grupo B da Copa América-2021.

"Nossos enfrentamentos com a Colômbia foram sempre muito difíceis. Se a gente voltar, dos amistosos que a gente fez a jogos das Eliminatórias, eles sempre tiveram o mais alto nível de exigência", disse o treinador de 60 anos, durante uma coletiva de imprensa virtual em Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro.

"Passei isso aos atletas e estou falando isso não como supervalorização, mas por reconhecimento das dificuldades" de enfrentar a seleção da Colômbia, acrescentou.

Sem James Rodríguez e Falcao García, a Colômbia comandada por Reinaldo Rueda ficou abalada depois de perder por 2 a 1 para o Peru no domingo em Goiânia, em um jogo em que deixou uma imagem pálida.

"A Colômbia sempre oferece um jogo muito equilibrado (...) tem jogadores que merecem o nosso respeito", disse o assistente técnico de Tite, o ex-jogador César Sampaio.

Classificado para as quartas de final desde a segunda rodada, o Brasil manterá a ideia de fazer rotações na equipe para testar jogadores e estratégias com vistas à Copa do Mundo do Catar-2022, para a qual se pressupõe que se classifique em breve após começar sua campanha nas Eliminatórias Sul-Americanas da melhor forma possível: com seis vitórias em seis jogos.

Embora o técnico não tenha indicado quais seriam as mudanças, o goleiro Weverton deu a entender anteriormente que vai jogar contra os 'cafeteros'.

"Vamos ter algumas mudanças, mas, teoricamente, não vão modificar a engrenagem da equipe. É o que a gente sempre busca", disse Tite.

O treinador se juntou às vozes como as do técnico argentino Lionel Scaloni, e dos craques Lionel Messi e Neymar, que criticaram as condições do campo do estádio Nilton Santos, casa do Botafogo, onde será disputada a partida.

"O estado do gramado não é bom (...) Ter melhores condições de gramado proporciona um melhor espetáculo", afirmou.

O Brasil lidera o Grupo B com seis pontos, após vencer a Venezuela (3-0) e o Peru (4-0), seguido pela Colômbia (4), Peru (3), Venezuela (2) e Equador (1).

Os colombianos, comandados por Juan Guillermo Cuadrado, precisam de um ponto para garantir a classificação para a próxima fase.

-- Possíveis escalações:

Brasil: Weverton - Danilo, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro - Casemiro, Douglas Luiz, Everton Ribeiro - Richarlison, Neymar, Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

Colômbia: David Ospina - Stefan Medina, Yerry Mina, Davinson Sánchez, William Tesillo - Juan Guillermo Cuadrado, Mateus Uribe, William Barrios, Edwin Cardona - Duván Zapata, Luis Muriel. Técnico: Reinaldo Rueda.

Árbitros: O argentino Néstor Pitana terá como auxiliar seu compatriota Ezequiel Brailovsky e o boliviano José Antelo.

raa/ma/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos