Lahm diz que hegemonia do Bayern não se deve apenas a domínio financeiro

Berlim, 29 mar (EFE).- O capitão do Bayern de Munique, Philipp Lahm, negou em entrevista à revista "Sport Bild" que a atual hegemonia da equipe bávara no Campeonato Alemão, em que caminha para o quinto título seguida, se deva apenas à arrecadação maior que a dos concorrentes.

"A situação financeira na Bundesliga não era diferentes nas temporadas nas quais terminamos em segundo lugar ou em quarto. Se após 25 rodadas temos 13 pontos de vantagem é porque outras equipes com possibilidades financeiras, como o Wolfsburg ou o Schalke, não se armaram suficientemente bem para ter sucesso constantemente", disse Lahm em entrevista publicada nesta quinta-feira.

A sequência de títulos do Bayern na 'Bundesliga' começou em 2013, quando obteve a inédita tríplice coroa. Antes disso, o Borussia Dortmund havia sido bicampeão nas temporadas 2010/2011 e 2011/2012.

A última vez em que o time bávaro não foi campeão nem vice foi em 2011, quando ficou com o terceiro lugar. Além disso, a última em que ficou fora da zona de classificação para a Liga dos Campeões foi na temporada 2006/2007, quando foi o quarto colocado. Na época, a Alemanha tinha apenas três vagas no torneio continental.

Segundo Lahm, o único concorrente que poderia ter colocado em xeque a equipe dirigida por Carlo Ancelotti é o Dortmund, que, entretanto, é terceiro colocado, com 16 pontos de desvantagem.

"Eles têm um time incrivelmente cheio de talento e poderiam fazer com que a 'Bundesliga' fosse mais acirrada. Aos outros, simplesmente lhes falta qualidade. É preciso constatar isso", comentou. EFE