Após vitória contra o Chile, Bauza prepara Argentina para jogo em La Paz

Buenos Aires, 24 mar (EFE).- Um dia depois da vitória apertada sobre o Chile por 1 a 0, o técnico Edgardo Bauza já começou nesta sexta-feira a preparar a seleção argentina para a dura missão de enfrentar a Bolívia em La Paz na próxima terça-feira, pela 13ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

A partida no Monumental de Núñez deixou um quebra-cabeça a ser montado por Bauza, já que quatro jogadores foram suspensos por acúmulo de cartões amarelos, o zagueiro Nicolás Otamendi, os volantes Javier Mascherano e Lucas Biglia e o atacante Gonzalo Higuaín. Além disso, o lateral-direito Gabriel Mercado se machucou.

Devido a isso, o ex-treinador do São Paulo teve de convocar o zagueiro Matías Caruzzo (San Lorenzo), o volante Ivan Marcone (Lanús) e o atacante Lucas Alario (River Plate). Os três farão parte do elenco a partir deste sábado.

Na linha de frente, sem Higuaín, 'Patón' Bauza deverá escalar Lucas Pratto, do São Paulo. Outro jogador do Tricolor que provavelmente será titular na capital boliviana é o lateral Julio Buffarini. No meio, Guido Pizarro, o próprio Marcone, Ever Banega e Enzo Pérez brigam por duas vagas, enquanto na defesa Ramiro Funes Mori, que cumpriu suspensão diante de 'La Roja', tem tudo para formar dupla com Marcos Rojo.

Alem disso, o lateral-esquerdo Emmanuel Mas sofreu um traumatismo no joelho direito e será avaliado após um tratamento durante o fim de semana. Por sua vez, o atacante Paulo Dybala, que não fez parte do elenco contra o Chile por uma contratura sofrida defendendo a Juventus, "continua com seu tratamento de recuperação progressivo, encontrando-se em evolução muito boa", segundo o boletim médico emitido pela Associação do Futebol Argentino. EFE