'Jogar contra a Argentina motiva mais', diz Matheus Cunha após Seleção ir para quartas da Olimpíada

·1 minuto de leitura


O atacante Matheus Cunha fez uma projeção sobre os possíveis adversários da Seleção olímpica nas quartas de finais dos Jogos Olímpicos. Em entrevista coletiva após o 3 a 1 sobre a Arábia Saudita, o jovem exaltou o equilíbrio do Grupo C (o Brasil, líder do Grupo D, pega o segundo colocado desta chave), mas reconheceu que tem uma certa predileção por um rival tradicionalíssimo.

> ATUAÇÕES: Richarlison e Bruno Guimarães se destacam no triunfo

- São quatro seleções muito difíceis para a gente enfrentar, independentemente de quem venha. Mas, como brasileiro, a gente gosta muito de jogar contra a Argentina, pois nos motiva um pouquinho mais, não posso mentir - afirmou.

O bom entrosamento que mostrou com Richarlison na primeira fase também foi destacado pelo atacante.

- O extracampo ajuda nos jogos, levamos bem desde que nos conhecemos na seleção principal. Esse entrosamento ajuda muito, nos entendemos bem. O mais importante é sairmos vitoriosos com boas movimentações nossas e, sem dúvida, ajudando a equipe - declarou.

O Brasil volta a campo no sábado (31), às 7h (de Brasília), para duelar pelas quartas de finais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos