Jogadores respondem críticas a Sylvinho com vitórias e comprometimento

·1 min de leitura
Cantillo comemora o gol da vitória do Corinthians sobre o Fortaleza. Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

Sylvinho ganhou mais uma. Ou seria o Corinthians? A pergunta irônica cabe, porque quanto mais Sylvinho é pressionado, mais os jogadores têm respondido dentro de campo. A vitória do Corinthians sobre o Fortaleza, a segunda consecutiva por 1 a 0, mostrou um time muito competitivo até o final, com o gol marcado por Cantillo na reta final da partida. A equipe foi consistente e sólida, repetindo o desempenho do confronto com a Chapecoense. 

Claro que a escalação inicial de Sylvinho, com Renato Augusto como falso 9, deve ser debatida. O meia é muito bom vindo detrás e não tem a característica de atuar de costas para os zagueiros adversários. Quando Renato foi recuado para o meio-campo e Jô entrou, o Corinthians ficou mais equilibrado e apertou o Fortaleza, dominando o jogo no segundo tempo. Na primeira etapa, houve igualdade pelas posturas parecidas, com muitas disputas no meio-campo. 

Leia também:

O Corinthians subiu para a sexta posição e encostou no Fortaleza, com 47 pontos. A colocação alcançada pelo Corinthians permite ao elenco e torcida sonharem com uma vaga direta para a Libertadores da América. Antes da vinda dos quatro reforços de ponta, o Corinthians já tinha atingido o estágio da primeira página da classificação, descartando qualquer ameaça de rebaixamento. 

Sylvinho pode não ser o treinador ideal para a maioria dos corintianos, mas mostra trabalho e consistência no cargo. O forte apoio dos atletas e diretoria têm sido fundamental para o ex-jogador ter tranquilidade para trabalhar. O blog entende que Sylvinho mereça permanecer para 2022. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos