Jogadores reclamam ao STJD, e Avaí pode perder vaga no Brasileiro de 2022

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Atrasos de salários põem em risco o acesso do Avaí à Série A do Campeonato Brasileiro. Sete jogadores que disputaram a segunda divisão pela equipe catarinense entraram com reclamação no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). A entidade confirma ter sido notificada sobre o assunto.

De acordo com o artigo 31 da Lei Pelé, o clube que estiver com mais de três meses de salários atrasados com atletas ficará sujeito à perda de três pontos.

O Avaí terminou a Série B deste ano na quarta posição, com 64 pontos. Se fosse punida, ficaria com 61 e seria ultrapassada pelo CSA, com 62. O time alagoano subiria, assim, para a elite.

"Diego Renan, Edilson, Iury, João Lucas, Jonathan, Rafael Pereira e Ronaldo procuraram o Sindicato dos Atletas Profissionais de Futebol do Estado de Santa Catarina (SAPFESC), que notificou o clube e ingressou com a Notícia de Infração no Tribunal do Futebol. A Procuradoria da Justiça Desportiva abriu vista na manhã desta quinta, dia 30 de dezembro, para que o Avaí se manifeste sobre a denúncia", diz a nota divulgada pelo STJD.

O sindicato informou o tribunal da dívida com cada jogador e enviou cópia da notificação endereçada ao Avaí em agosto, pedindo que o clube pagasse os atrasados. Não foram divulgados os valores.

O clube catarinense terá três dias para responder ao STJD, mas o prazo começará a contar a partir de 20 de janeiro, quando o tribunal voltará de recesso.

O Avaí vive um limbo político e apenas no início da próxima semana deverá tratar do assunto. O mandato do presidente Francisco Battistotti termina às 23h59 desta sexta-feira (31). Procurado pela Folha, ele não atendeu às ligações da reportagem.

Eleito para comandar o clube a partir de sábado (1º), Julio Heerdt afirma estar consciente do problema e diz ter feito pedido para que os atletas esperassem até a próxima semana por uma solução, mas não foi atendido.

"Venho a público reafirmar o compromisso de toda a nova diretoria, que assume seus cargos no próximo dia 1º de janeiro, com o pagamento dos salários atrasados de atletas e funcionários. Estou ciente da denúncia encaminhada ao STJD, acompanhando de perto o desenrolar dos fatos e certo de que será encontrada a melhor solução para o problema", escreveu o presidente eleito no Twitter, prometendo que o Avaí vai disputar a Série A do Brasileiro em 2022.

Interessado no caso, o CSA informa ter pedido aos seus advogados para acompanhar o caso no STJD.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos