Jogadores do Milan ficam revoltados e quebram vestiário da Juventus

Arbitragem polêmica irritou os jogadores rossoneros, a ponto do técnico Montella pedir desculpas pelo ocorrido

A polêmica que rolou no jogo entre Juventus e Milan revoltou demais o elenco rossonero. Depois da partida, os jogadores quebraram o vestiário do estádio dos rivais como forma de protesto.

A partida estava 1 a 1, mas o juiz marcou pênalti para a Juventus nos acréscimos. Ele entendeu que De Sciglio tocou na bola com a mão. Paulo Dybala cobrou o pênalti com sucesso, garantiu a vitória e aumentou as reclamações do Milan.

O técnico Vicenzo Montella teve que pedir desculpas pelo comportamento dos seus jogadores. O colombiano Carlos Bacca foi um dos mais revoltados no vestiário.